Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil
Eventos

LANÇAMENTO: Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil

LANÇAMENTO: RETRATOS DA INFÂNCIA NA IMIGRAÇÃO JAPONESA AO BRASIL No próximo dia 3 de março, o Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil - MHIJB sedia o lançamento do livro Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil, além de uma exposição sobre infância e imigração japonesa com objetos de seu acervo - o primeiro evento comemorativo dos 40 anos de fundação do Museu.

Neste ano em que celebramos os 110 anos da imigração japonesa no Brasil, o evento é especial e ressalta o intercâmbio entre os dois países, reunindo momento histórico, cultura e tradição, ao coincidir sua data com a comemoração do Dia das Meninas no Japão.

Os autores Monica Musatti Cytrynowicz e Roney Cytrynowicz, a partir de uma pesquisa histórica e iconográfica no acervo do MHIJB, em sua reserva técnica, arquivo e biblioteca; selecionaram 250 fotografias e imagens de brinquedos, kimonos, livros de ficção e escolares, quadros e outros itens que contam a história do cotidiano das crianças imigrantes desde 1908 até a celebração dos 50 anos da imigração japonesa, em 1958.

O livro traz uma abordagem original da história da imigração japonesa ao Brasil, dividida em capítulos sobre a emigração e a viagem no navio, o trabalho nas fazendas e colônias agrícolas, a escola, os livros, brinquedos e brincadeiras, festas e celebrações, esportes, passeios, lazer, o cotidiano da casa e os anos do pós-guerra.

Ao lado das imagens, uma pesquisa e seleção de textos de memória, de literatura e de história compõem a narrativa que complementa a iconografia e procura uma aproximação com o universo da infância imigrante.

Esta publicação é um projeto apoiado pelo PROAC de Difusão de Acervos Museológicos no Estado de São Paulo, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

O livro estará sendo vendido no dia do lançamento por R$ 20,00.

A exposição

O Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, fundado em 1978 e mantido pela Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, é o principal museu do gênero e um dos mais importantes museus sobre a temática da imigração no país. Em seu acervo estão mais de 97 mil itens pertencentes aos imigrantes japoneses.

Com o lançamento do livro, a temática da infância dos imigrantes ganha relevo e o MHIJB está organizando uma exposição com peças de seu acervo que incluem brinquedos, fotografias, adereços de festas típicas e objetos esportivos que as crianças japonesas imigrantes utilizavam em seu cotidiano.

No Japão, meninos e meninas são homenageados, tradicionalmente, em dias separados, havendo o Dia das Meninas (03/03) e o Dia dos Meninos (05/05). Representando as duas datas, a exposição também terá um hinadan, plataforma de vários níveis com bonecos que representam os membros da corte imperial do período Heian (séculos IX a XII), símbolo do Dia das Meninas (acredita-se que estes bonecos protejam as garotas e afastem os maus espíritos); além dos koinobori (birutas em forma de carpas), que ficam hasteados durante o Dia dos Meninos. As carpas representam o desejo de força, persistência, bravura e sucesso aos garotos.

SERVIÇO

Dia 3 de março, sábado, das 14h às 17h
Lançamento do livro: Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil
Imagens do Acervo do Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil
Autores: Monica Musatti Cytrynowicz e Roney Cytrynowicz
Design: Ricardo Assis e Tainá Nunes Costa / Negrito Produção Editorial
Editora: Narrativa Um
Valor de lançamento: R$ 20,00

Dias 3 de março a 29 de julho de 2018
Exposição: Retratos da Infância na Imigração Japonesa ao Brasil
Visitação:
de terça-feira a domingo, das 13h30 às 17h
Contribuição adulto: R$ 12,00
Realização: Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil

EXPOSIÇÃO: "RYO MIZUNO, o homem que iniciou a imigração japonesa no Brasil e seu Diário de Bordo do Kasato Maru"
RYO MIZUNO
Período: 28 de abril a 18 de junho de 2017

Comunicamos que no período acima, tempo que durou em 1908 a viagem do navio Kasato Maru ao Brasil, trazendo a primeira leva de imigrantes japoneses ao Brasil, a visitação a este Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil será gratuita aos domingos.
Durante a exposição, entre outros objetos, os visitantes poderão ver o Diário de Bordo escrito por Ryo Mizuno e ter acesso ao seu conteúdo.

Exposição Especial: ANDO ZENPATI

Ando Zenpati ANDO ZENPATI era pseudônimo de Kiyoshi Ando e nasceu em Hiroshima em 1900. Incentivado pelas palavras de seu professor, que o aconselhou a realizar um trabalho intelectual a favor dos imigrantes japoneses, decide emigrar ao Brasil e dedicar a sua vida a atividade literária.

Foi o primeiro japonês a escrever e publicar "A História do Brasil" em japonês, sendo este livro, uma leitura obrigatória para todos os japoneses que estudam e querem conhecer o Brasil. Ao mesmo tempo em que fundou com amigos, a associação DOYOKAI, que mais tarde veio a se tornar o Centro de Estudos Nipo-Brasileiros e que tinha por missão, dar oportunidade de discussão e estudo de temas culturais, perseguiu em sua vida privada o romance proibido na juventude.

O Museu planejou e realizou esta exposição para dar oportunidade de conhecer melhor este personagem da historia e avaliar o seu feito, como um imigrante impar que viveu da caneta, ao invés da agricultura, como a maioria de seu tempo. A exposição foi montada seguindo uma linha do tempo de sua vida, ilustrada com fotos e livros de sua autoria.

A exposição em São Paulo aconteceu de novembro de 2010 a 30 de janeiro de 2011 e a próxima exposição esta agendada para a cidade de Hiroshima, sua terra natal, que acontecera de 17 a 31 de janeiro de 2012, na Galeria Kenmin. No Japão, alem de Hiroshima, está em adiantado entendimento a realização da mesma exposição nas cidades de Kobe, na Associação Nipo Brasileira e Yokohama, no Japanese Overseas Migration Museum, durante o ano de 2012, em data a ser divulgada brevemente.

Exposição Especial: OS NAVIOS DE EMIGRAÇAO

Ando ZenpatiAntes da Segunda Guerra Mundial, 33 navios trouxeram os imigrantes japoneses ao Brasil. Alguns fizeram uma única viagem e outros mais de 30 e esta exposição mostrou o histórico de cada navio, ilustrado com fotos e dados sobre o numero de passageiros. Apesar de ter sido focado nos navios que vieram antes da guerra, foi mostrado também 3 navios da Marinha brasileira que trouxeram 75 imigrantes, apos a guerra, por ser um caso raro e pouco conhecido na historia da imigração japonesa no Brasil.



Registro de História Oral

O Registro de História Oral, é realizado pelo Museu, após a comemoração do HAKUJUSAI, uma homenagem aos imigrantes de 99 anos de idade, promovido pelo Bunkyo todos os anos em junho, próximo à comemoração do dia do imigrante japonês (dia 18 de junho).

Neste dia o Museu registra a história oral de alguns homenageados com 99 anos ou mais.

patrocinadores Fast Shop Fundação Kunito Miyasaka Toshiba Leading Innovation Yakult Toyota Mitsui O.S.K. Lines
O Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil é mantido pela Bunkyo - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social.

Este site foi possível graças ao projeto Ashiato, que contou com o patrocínio do Banco Real, hoje Santander, e a Ubik IT Solutions. UBIK